Voltar para o topo

Militar

 

     Com o objetivo de fortalecer a equipe brasileira para a 5ª edição dos Jogos Mundiais Militares, realizada em 2011, no Rio de Janeiro, o Ministério da Defesa em parceria com o Ministério do Esporte criou em 2008 o Programa de Incorporação de Atletas de Alto Rendimento às Forças Armadas Brasileiras. O Exército e a Marinha foram os primeiros a aderir ao programa. Mais tarde, em 2014, a Força Aérea Brasileira (FAB) também passou a fazer parte do projeto, que visava também à preparação dos atletas para as Olimpíadas de Londres 2012 e do Rio 2016.
 

A Confederação Brasileira de Judô participa do Programa desde 2009. Atualmente, atletas de judô de alto rendimento são também militares e integram os quadros da Marinha do Brasil e o Exército Brasileiro (lista completa abaixo).

O alistamento é feito de forma voluntária e o processo de seleção leva em conta os resultados dos atletas em competições nacionais e internacionais. Dessa forma, as medalhas já conquistadas na carreira transformam-se em pontuações nos concursos para preenchimento das vagas de sargento e marinheiro, por exemplo. 


Na prática, a função dos atletas é defender o Brasil em competições militares como os Jogos Mundiais, que em 2015 aconteceram na Coréia do Sul. Em contrapartida, o atleta recebe instruções militares para uma formação básica com um treinamento que dura, em média, três semanas. A partir daí, ele passa a receber o soldo, tem direito à assistência médica e pode utilizar todas as instalações esportivas militares. 


Jogos Mundiais Militares

O resultado do Programa foi notório, sobretudo na última edição dos Jogos Mundiais Militares, em 2011. O país ficou em primeiro lugar no quadro geral, conquistando 114 medalhas: 45 ouros, 33 pratas e 36 bronzes. Esse foi o melhor desempenho da história do Brasil na competição. Na edição anterior, em Hyderabad, na Índia, o país havia ficado apenas com a 31ª colocação no quadro geral. 


O judô foi uma das modalidades fundamentais nessa campanha, apresentando também um resultado excelente com recorde de medalhas na competição. Ao todo, foram doze pódios: cinco ouros, quatro pratas e três bronzes. Os campeões foram os judocas Luciano Corrêa, Maria Portela e Leandro Guilheiro no individual. Na disputa por equipes, o Brasil levou a melhor tanto no feminino, quanto no masculino. As pratas ficaram com Sarah Menezes, Andressa Fernandes, Ketleyn Quadros e Maria Suelen Altheman. Leandro Cunha, Bruno Mendonça e Rafael Silva conquistaram o bronze. 


Atletas de Judô que integram as Forças Armadas Brasileiras: 

MARINHA DO BRASIL

3SG-RM2-EP NATHALIA CASTELAN BRIGIDA

3SG-RM2-EP LARISSA CINCINATO PIMENTA

3SG-RM2-EP MARIA REGINA HARUMI TABA

3SG-RM2-EP RAFAELA LOPES SILVA

3SG-RM2-EP TAMIRES CRUDE ANDRADE DA SILVA

3SG-RM2-EP LAYANA LACERDA SOARES COLMAN

3SG-RM2-EP JÉSSICA COUTO LIMA

3SG-RM2-EP YANKA DALBEM PASCOALINO

3SG-RM2-EP CYNTHIA EMANUELLE ALENCAR DA SILVA

3SG-RM2-EP BARBARA CHIANCA TIMO

3SG-RM2-EP BRUNA CAMPOS DA SILVA

3SG-RM2-EP MARIA SUELEN ALTHEMAN

3SG-RM2-EP ROCHELE JESUS NUNES

3SG-RM2-EP LUIZA MONCALVO LOPES MACHADO CRUZ

3SG-RM2-EP RENAN FERREIRA TORRES

3SG-RM2-EP DANIEL BORGES CARGNIN

3SG-RM2-EP LINCOLN KEIITI KANEMOTO DAS NEVES

3SG-RM2-EP TIAGO MENEZES PINHO


EXÉRCITO BRASILEIRO 

3º Sgt    ALÉXIA CASTILHOS

3º Sgt    BEATRIZ SOUZA

3º Sgt    CAMILA YAMAKAWA

3º Sgt    CHARLES CHIBANA

3º Sgt    DANIELLE KARLA OLIVEIRA

3º Sgt    DAVID MOURA

Sd NB    DIEGO SANTOS

3º Sgt    EDUARDO BETTONI

3º Sgt    EDUARDO KATSUHIRO BARBOSA

3º Sgt    EDUARDO YUDY SANTOS

3º Sgt    ELEUDIS VALENTIM

3º Sgt    ELLEN SANTANA

3º Sgt    ERIC TAKABATAKE

3º Sgt    FLÁVIA GOMES

3º Sgt    GABRIELA CHIBANA

3º Sgt    JÉSSICA PEREIRA

Sd EV    JOÃO PEDRO MACEDO

3º Sgt    KAMILLA SILVA

3º Sgt    KETELYN NASCIMENTO

3º Sgt    LEONARDO GONÇALVES

3º Sgt    MARCELO CONTINI

3º Sgt    NÁDIA MERLI

3º Sgt    PHELIPE PELIM

3º Sgt    RAFAEL BUZACARINI

3º Sgt    RAFAEL MACEDO

3º Sgt    RUAN ISQUIERDO

3º Sgt    SAMANTA SOARES



Veja Também
PATROCINADORES
Apoio
PARCEIROS DE MÍDIA
Apoio Governamental
Lei de incentivo ao esporte Ministério do esporte
Apoio
Travel Ace Assistance
Receba novidades da CBJ
Siga-nos nas redes sociais
Confederação Brasileira de Judô
Rua Capitão Salomão, 40 - Humaitá - Rio de Janeiro - RJ / Brasil / CEP: 22271-040
Tel: 55 21 2463-2692 / Fax: 55 21 2462-3274
Website por RDWEB