Voltar para o topo

Notícias

29/09/12

Taciana Lima volta às competições com medalha no Brasileiro

Foi um longo ano de espera para voltar a subir num pódio de eventos nacionais de judô. Taciana Lima cumpriu suspensão de 12 meses por doping e neste sábado conquistou a medalha de prata no Campeonato Brasileiro Sênior, sendo superada na final por Gabriela Chibana na decisão dos árbitros. No pódio, Taciana não segurou as lágrimas e, mesmo um degrau abaixo de onde esteve durante 10 dias, o choro não era de frustração, mas, sim, de alegria.

“Só quem esteve perto de mim durante esse ano sabe o que eu passei. Ficar um ano fora não é fácil. E o mais difícil, sem dúvida, foi controlar o nervosismo hoje”, diz Taciana Lima.

Taciana fez três lutas neste sábado em Natal. Na primeira luta venceu Maria Farias, do Rio Grande do Norte, por ippon. Na semifinal, superou Jéssica Henriques, do Rio de Janeiro, também por ippon.

“O que eu mais queria era voltar a competir. As meninas da minha categoria estão num ritmo de competição muito grande e esta foi meu primeiro evento do ano. Meu medo era não conseguir voltar bem, mas acho que esse um ano de suspensão não me fez tão mal como poderia ter feito”, afirma.

Taciana Lima testou positivo com furosemida durante o exame anti-doping da Copa do Mundo de São Paulo em 2011. Para a atleta, o resultado positivo foi uma grande surpresa.

“O doping foi uma surpresa e é algo que eu não desejo para ninguém. Fui ao fundo do poço. Depois de uma semana comecei a reagir e o que me manteve com vontade de treinar  foi o apoio incondicional que recebi dos meus amigos e da Sogipa, que é um clube extraordinário. Ninguém nunca me olhou atravessado e tive o maior apoio de todos. Minha consciência estava tranquila. Eu sabia que não tinha feito nada de errado. E isso me manteve treinando todos os dias”, afirma.

Neste um ano de suspensão dos eventos de judô, Taciana descobriu uma nova paixão: jiu-jitsu. A judoca, inclusive, foi campeã mundial da modalidade.

“O jiu-jitsu me ajudou a ter segurança. Neste um ano eu acrescentei para o meu jogo um ótimo ne-waza”.

A campeã olímpica Sarah Menezes esteve presente no Brasileiro em Natal e assistiu de perto a final entre Taciana e Gabriela. Gabriela, foi atleta de apoio de Sarah Menezes em Londres e, com o título deste sábado, consagrou-se bicampeã nacional:

“A Sarah sempre foi uma atleta excepcional. A conquista dela é uma força a mais para mim. Ela provou que é possível chegar, que não existe favorito. Londres mostrou que basta trabalhar e aproveitar as oportunidades”.
 






Visualizar mais fotos


Veja Também
21/02/19 11:07 Federação Paulista de Judô se prepara para a Copa São Paulo 2019, evento que abre o calendário da F.P.Judô 21/02/19 09:53 Com equipe completa, Brasil disputa Grand Slam de Dusseldorf a partir desta sexta-feira, 22 20/02/19 16:00 CBJ recebe visita de medalhista olímpico japonês representante do programa Sport For Tomorrow 20/02/19 11:49 Base tem ótimo desempenho na Espanha, fechando competição Sub-18 com nove medalhas e segundo lugar no quadro geral 16/02/19 17:47 Judô brasileiro conquista 11 medalhas com seleções sênior e juvenil 15/02/19 12:13 Credenciamento Técnico reúne 331 filiados do Time Judô Rio 15/02/19 12:08 Federação Maranhense de Judô realiza Credenciamento Técnico Anual neste sábado, 16 15/02/19 10:33 Seleção feminina volta ao tatame neste sábado para a disputa do Aberto de Oberwart 14/02/19 17:34 Judocas iniciam série de treinos individualizados com técnicos da seleção brasileira 13/02/19 17:34 Seleção Sub-18 disputa primeiro Estágio Internacional do ano neste final de semana, na Espanha
PATROCINADORES
PATROCINADOR OFICIAL
FORNECEDOR OFICIAL
Apoio
PARCEIROS DE MÍDIA
Apoio
Travel Ace Assistance
Siga-nos nas redes sociais
Confederação Brasileira de Judô
Horário de funcionamento: Segunda à Sexta das 9h às 18h
Rua Capitão Salomão, 40 - Humaitá - Rio de Janeiro - RJ / Brasil / CEP: 22271-040
Tel: 55 21 2463-2692 / Fax: 55 21 2462-3274
Website por RDWEB