Voltar para o topo

Notícias

17/02/17 10:05

Marinha abre três novas vagas para judocas

Estão disponíveis duas vagas no feminino, uma no leve (57kg) e outra no meio-médio (63kg) e uma para o meio-leve (66kg) masculino. As inscrições começam no próximo dia 21

Com objetivo de ter uma equipe forte para as disputas dos Jogos Mundiais Militares e, consequentemente, auxiliando na preparação para os Jogos Olímpicos Tóquio 2020, a Marinha abriu 13 novas vagas em oito modalidades esportivas para o seu Programa Olímpico, desdobramento do Programa de Atletas de Alto Rendimento (PAAR) do Ministério da Defesa. E o judô é um dos esportes contemplados com três novas vagas, duas para a equipe feminina e uma para a masculina. Os atletas das categorias ligeiro (66kg) masculina e leve (57kg) e meio-médio (63kg) femininas interessados em participar do processo deverão se inscrever no período de 21 de fevereiro a 10 de março.

Os candidatos devem entregar a documentação necessária no Comando do 1º Distrito Naval, no Rio de Janeiro, ou enviar por meio de postagem, no período de 21 de fevereiro a 10 de março, conforme consta no edital. Após o processo de seleção, o atleta passará um período de 45 dias de incorporação, no Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (CEFAN), na Penha, no Rio de Janeiro.

O alistamento é feito de forma voluntária e o processo de seleção leva em conta os resultados dos atletas em competições nacionais e internacionais. Dessa forma, as medalhas já conquistadas na carreira transformam-se em pontuações no concurso para preenchimento das vagas. Além do judô, há vagas para homens e mulheres nas disciplinas de futebol de areia, futebol de campo, vela, natação, remo, taekwondo e tiro esportivo.

O judô brasileiro tem uma grande parceria com a Marinha. Nomes como Nathália Brigida, Sarah Menezes, Erika Miranda, Rafaela Silva, Mariana Silva, Ketleyn Quadros, Maria Portela, Bárbara Timo, Mayra Aguiar, Maria Suelen Altheman e Rochele, que disputaram a vaga ou estiveram nos Jogos Rio 2016, são marinheiras.

PAAR - O investimento anual do Ministério da Defesa no Programa de Alto Rendimento é de aproximadamente R$ 18 milhões, entre salários, benefícios, aquisição de equipamentos, uniformes, participação em eventos esportivos nacionais e internacionais, e outros itens destinados ao aperfeiçoamento dos atletas.

A parceria entre os ministérios da Defesa e do Esporte consiste em apoiar atletas de alto rendimento, melhorar o desempenho e descobrir novos talentos esportivos. No âmbito da Defesa, são realizados cursos para a capacitação de recursos humanos dedicados às atividades esportivas bem como o estabelecimento de metas para o Programa.

Na prática, a função dos atletas é defender o Brasil em campeonatos militares nacionais e internacionais, como é o caso dos Jogos Mundiais Militares. Em contrapartida, o atleta, que irá compor o quadro temporário por até oito anos de uma das três Forças Armadas, recebe instruções militares para uma formação básica.

Os desportistas têm à disposição todos os benefícios da carreira, como soldo, 13º salário, férias, assistência médica, incluindo nutricionista e fisioterapeuta, além de disporem de todas as instalações esportivas militares adequadas para treinamento. 

Por meio do Departamento de Desporto Militar (DDM), o Ministério da Defesa organiza a participação militar brasileira em eventos esportivos de alto nível. As delegações de atletas militares do país participam com regularidade de campeonatos do Conselho Internacional do Esporte Militar (CISM) e da União Desportiva Militar Sul-americana (UDMSA).

Fonte: http://www.defesa.gov.br/noticias/28567-marinha-abre-vagas-para-atletas-de-alto-rendimento





Veja Também
23/06/18 20:00 Ellen Santana derrota cubana na final e Brasil fecha Copa Pan-Americana de Lima com cinco medalhas 22/06/18 16:18 Ligeiros garantem dobradinha brasileira com ouro de Renan Torres e bronze de Felipe Kitadai na Copa Pan-Americana de Lima 22/06/18 11:54 Resultado do processo seletivo para o Intercâmbio Brasil-Japão 2018 21/06/18 17:51 Giro pelos Estados - Agenda do Judô no Brasil 19/06/18 17:38 Judocas da seleção ministram clínica para militares do Exército na Academia Militar das Agulhas Negras 19/06/18 16:24 FPAJU fará primeira visita técnica no interior do estado 19/06/18 15:18 Federação Internacional define "Amizade" como o tema do Dia Mundial do Judô 2018 18/06/18 15:48 Atletas e técnicos da seleção brasileira de judô se posicionam contra a Medida Provisória nº 841 15/06/18 17:19 São Paulo sedia a segunda edição do Judô Open Aspirante 15/06/18 11:56 Transferências, Credenciamento de Técnicos e Cadastro de Árbitros: fique atento aos prazos
PATROCINADORES
Apoio
PARCEIROS DE MÍDIA
Apoio Governamental
Lei de incentivo ao esporte Ministério do esporte
Apoio
Travel Ace Assistance
Receba novidades da CBJ
Siga-nos nas redes sociais
Confederação Brasileira de Judô
Rua Capitão Salomão, 40 - Humaitá - Rio de Janeiro - RJ / Brasil / CEP: 22271-040
Tel: 55 21 2463-2692 / Fax: 55 21 2462-3274
Website por RDWEB