Voltar para o topo

Notícias

10/03/18 19:37

Brasil conquista três medalhas no primeiro dia do Aberto de Santiago

Diego Santos (66kg) foi campeão, Gabriella Moraes (63kg) levou a prata e Luana Costa (57kg) ficou com o bronze

O Brasil começou a disputa do Aberto Pan-Americano de Santiago neste sábado, 10, já com três atletas no pódio. O experiente Diego Santos, de 28 anos, foi campeão, enquanto as novatas Gabriella Moraes (63kg) e Luana Costa (57kg) ficaram com prata e bronze, respectivamente. 
 
Assista à transmissão ao vivo aqui. 

O baiano Diego Santos venceu quatro lutas para levar o ouro para casa. Estreou com vitória por ippon sobre Victor  Romero, do Peru, e, em seguida, bateu o chileno Juan Perez, também pela pontuação mais alta. Na semifinal, o brasileiro conseguiu seu terceiro ippon consecutivo na competição e foi para a final, onde bateu o peruano Juan Postigos, dessa vez, por um waza-ari. Postigos já havia eliminado o outro brasileiro dessa categoria, Michael Marcelino, na primeira luta. 

"Foi um ótimo resultado por ser a minha estréia nessa categoria a nível internacional. Estar de volta para minha cidade natal, Jequié, e treinar no meu clube, Associação Judô Ação, tenho certeza que está sendo fundamental", considera Diego.

A outra finalista do dia, Gabriella Moraes, pegou uma chave menor e já estreou na semifinal com vitória por ippon (hansokumake) sobre a americana Alisha Galles. Na final, a jovem de apenas 17 anos, enfrentou a experiente equatoriana Estefania Garcia, que conseguiu ter mais ataques e vencer a luta forçando três punições à brasileira. 

"Foi uma ótima experiência. Estudei bastante minhas adversárias nessa última semana. Sabia que não seria fácil sendo que são meninas bem mais experientes do que eu, que se destacam no cenário internacional. Mas, lutei bem. Agora, é continuar treinando para que possa vir o ouro na próxima", avaliou Gabriella, que é a atual vice-campeã mundial Sub 18.

Já a peso-Leve Luana Costa, de apenas 18 anos, venceu Francesca Alamos, do Chile, por ippon, na primeira luta, mas caiu para Abi Betsabe Madaf, por um waza-ari. Na disputa pelo bronze, a brasileira superou a chilena Sasha Munoz, que foi desclassificada da luta por hansokumake.

"Essa foi minha primeira competição internacional sênior, apesar de eu ter apenas 18 anos. Me sinto muito feliz em colocar o Brasil no pódio e estar entre as melhores, comemorou Luana", comemorou Luana.

A competição continua neste domingo, 11, com mais brasileiros no tatame: Leandro Guilheiro (81kg), Guilherme Schimidt (81kg), Laislaine Rocha (78kg) e Rochele Nunes (+78kg). 






Visualizar mais fotos


Veja Também
17/01/19 11:17 Judocas veteranos do Brasil se mobilizam para treinão simultâneo no dia 02 de fevereiro por todo o país 16/01/19 16:53 Federação Goiana tem novo Conselho Técnico e de Arbitragem 16/01/19 14:04 Federação Alagoana de Judô lança novo site 14/01/19 15:37 Brasileiros participam de Seminário de Arbitragem da Federação Internacional de Judô em Mittersill 14/01/19 11:34 CBJ promove treinamento com dinâmicas e palestras para colaboradores na sede administrativa no Rio de Janeiro 02/01/19 18:24 Temporada 2019 do judô brasileiro começa com treinamento de campo internacional na Áustria 21/12/18 16:41 Japão vira sobre Brasil e vence o segundo confronto do Desafio Internacional de judô 20/12/18 17:39 Brasil vence o Japão por cinco a dois no primeiro dia de Desafio Internacional de Judô 19/12/18 14:36 Atletas de sete estados nordestinos participam de treinos com as seleções de Brasil e Japão na Bahia 18/12/18 15:33 Seleção brasileira despede-se de 2018 em duelo com o Japão no Desafio Internacional de Judô
PATROCINADORES
Apoio
PARCEIROS DE MÍDIA
Apoio Governamental
Lei de incentivo ao esporte Ministério do esporte
Apoio
Travel Ace Assistance
Siga-nos nas redes sociais
Confederação Brasileira de Judô
Horário de funcionamento: Segunda à Sexta das 9h às 18h
Rua Capitão Salomão, 40 - Humaitá - Rio de Janeiro - RJ / Brasil / CEP: 22271-040
Tel: 55 21 2463-2692 / Fax: 55 21 2462-3274
Website por RDWEB