Com mais seis pódios neste domingo, judô brasileiro fecha Grand Prix de Cancún com 11 medalhas | CBJ" />
Voltar para o topo

Notícias

14/10/18 22:04

Com mais seis pódios neste domingo, judô brasileiro fecha Grand Prix de Cancún com 11 medalhas

Mayra Aguiar e Maria Suelen ficaram com a prata. Samanta Soares, Beatriz Souza, Rafael Macedo e Rafael Buzacarini foram bronze no último dia

O judô brasileiro reencontrou o caminho para o pódio na primeira competição após o Campeonato Mundial de Baku e conquistou nada menos do que 11 medalhas no Grand Prix de Cancun neste final de semana. No domingo, último dia de competição, a seleção foi ao pódio seis vezes, com pratas para Mayra Aguiar (78kg) e Maria Suelen Altheman (+78kg), além dos bronzes de Samanta Soares (78kg), Beatriz Souza (+78kg), Rafael Macedo (90kg) e Rafael Buzacarini (100kg). 

"Estou feliz com a minha participação no Grand Prix de Cancún. Fiquei em segundo lugar e é uma medalha super importante. Na volta do Mundial já sair com uma medalha é um incentivo grande para as próximas competições. Esse ano ainda tenho o Grand Slam de Osaka e o World Masters", avaliou Mayra Aguiar, que venceu três lutas por ippon, caindo apenas na final por três punições no combate com a japonesa Rika Takayama. E, na mesma categoria, Samanta Soares derrotou a venezuelana Karen Leon por ippon para garantir a dobradinha brasileira no pódio. 

A outra finalista do domingo foi a peso-pesado Maria Suelen Altheman (+78kg). Vindo de um quinto lugar no Mundial de Baku, a brasileira venceu Mackenzie Williams (EUA) e Ksenia Chibisova (RUS) por ippon para chegar à decisão, onde caiu também nas punições para a cubana Idalys Ortiz. 

"Avalio como uma boa competiçã logo após o Mundial. Agora o foco é na preparação para o World Masters, competição que reúne os 16 melhores ranqueados e eu quero chegar bem preparada", projetou Suelen, que fez dobradinha no pódio ao lado de Beatriz Souza. 

Bia, que também lutou em Baku, voltará aos tatames já nesta semana para disputar o Campeonato Mundial Júnior (Sub-21), em Nassau, nas Bahamas. 

Entre os homens que lutaram neste domingo, os destaques foram Rafael Macedo (90kg), que derrotou Frazer Chamberlain (GBR) na disputa pelo bronze, e Rafael Buzacarini (100kg), que superou o medalhista olímpico Cyrille Maret, da França, para assegurar também o terceiro lugar. 

"Fazia tempo que eu não subia ao pódio numa competição internacional. Foi muito difícil, mas consegui fazer boas lutas e ganho motivação para as próximas competições", destacou o meio-pesado que não subia ao pódio desde março de 2017, quando foi bronze no Grand Prix de Tbilisi, na Geórgia. 

Dos 23 atletas inscritos pelo Brasil, 16 disputaram medalhas e o país foi ao pódio em nove, das 14 categorias em disputa. Foi um ouro (Rafaela Silva), três pratas (Victor Penalber, Mayra Aguiar e Maria Suelen Altheman) e sete bronzes (Marcelo Contini, Charles Chibana, Aléxia Castilhos, Rafael Macedo, Samanta Soares, Rafael Buzacarini e Beatriz Souza). 

Resultados que colocaram o Brasil na quarta colocação no quadro geral de medalhas. A Rússia liderou, com dois ouros, duas pratas e dois bronzes. Em quantidade de medalhas, nenhum país bateu o Brasil.

Neste ano, a seleção voltará aos tatames do Circuito Mundial para mais três etapas: Grand Prix de Haia, na Holanda; Grand Slam de Osaka, no Japão; e o World Masters, em Guangzhou, na China, fechando o calendário 2018 da FIJ. 






Arquivos Relacionados


- RESULTADOS FINAIS POR CATEGORIA
- QUADRO GERAL DE MEDALHAS POR PAÍS
- SÚMULAS



Veja Também
21/03/19 14:37 Comunicado - Campeonato Brasileiro Sub-18 e Campeonato Brasileiro da Região I 21/03/19 13:58 Paulo Wanderley Teixeira e dirigentes estaduais recebem as primeiras comendas do Cinquentário da CBJ 18/03/19 09:59 Confederação Brasileira de Judô celebra 50 anos de fundação 17/03/19 12:01 Maria Suelen Altheman é campeã e Brasil volta da Rússia com seis medalhas no Grand Slam de Ecaterimburgo 16/03/19 16:47 Em campanha com vitórias sobre medalhista olímpica e japonesa, Maria Portela conquista a prata do Grand Slam de Ecaterimburgo 16/03/19 16:30 Após Assembleia, CBJ promove reunião técnica com Federações 15/03/19 18:26 Assembleia Geral Ordinária aprova contas, parecer do Conselho Fiscal e relatórios da CBJ 15/03/19 11:05 Brasil teve Takabatake (60kg) e Cargnin (66kg) em sétimo no primeiro dia do Grand Slam de Ecaterimburgo 14/03/19 15:43 Brasileiros estreiam no Grand Slam da Rússia na madrugada desta quinta para sexta-feira 13/03/19 11:59 Seleção chega à Rússia para a disputa do Grand Slam de Ecaterimburgo
PATROCINADORES
PATROCINADOR OFICIAL
FORNECEDOR OFICIAL
Apoio
PARCEIROS DE MÍDIA
Apoio
Travel Ace Assistance
Siga-nos nas redes sociais
Confederação Brasileira de Judô
Horário de funcionamento: Segunda à Sexta das 9h às 18h
Rua Capitão Salomão, 40 - Humaitá - Rio de Janeiro - RJ / Brasil / CEP: 22271-040
Tel: 55 21 2463-2692 / Fax: 55 21 2462-3274
Website por RDWEB